RSS

Meu fácil poder de ser persuadida

É impressionante como as pessoas conseguem me convencer facilmente de alguma coisa. Não que eu acho isso bom, tenho uma opinião formada para muitas coisas, mas outras são rapidamente mudadas quando escuto a opinião de outra pessoa.
Aquela discussão sobre as cotas no vestibular é um exemplo bem claro disso. Eu sempre achei que as cotas era uma injustiça e que antes de dar preferência as escolas públicas pela má educação, o governo deveria melhorar a educação. Graças à Deus essa minha ignorância foi mudada depois de uma discussão sobre isso na aula de português. Minha opinião sobre as cotas para os negros continua: o fato dos negros serem negros não impedem o raciocínio (mas talvez, depois do comentário de vocês eu vá mudar de idéia novamente). Fui inocente em pensar que a educação do Brasil iria mudar de um dia pro outro, muito inocente.
Deve ser normal para minha idade essa mistura de opiniões, mas isso me estressa muito. Estou começando a olhar os dois lados da coisa, ou ao menos o lado verdadeiro. Tive essa idéia quando minha professora fez um debate sobre a transposição do Rio São Francisco e tive que procurar vários artigos de opinião sobre assunto, fatores benéficos e maléficos e só assim consegui ter uma opinião formada e, na minha opinião, correta: essa transposição não será uma coisa tão boa para todos quanto o governo diz.
Mas isso faz tempo, então recomecei agora. Agora que tirei o meu título de eleitor e fui chamada de tola por achar uns assuntos que estudo desnecessários (mas tá bom, vocês me convenceram que realmente esses assuntos são importantes, se eu não estudasse e notasse o quanto é chato eu teria ainda mais dúvidas do curso que iria fazer na universidade).
Mudança de vida, por isso que eu digo "here comes the sun".


Desculpem-me pela ausência aqui no blog. Com o fim das provas e do meu trabalho das décadas vou poder me dedicar um pouquinho mais de tempo aqui, beijos.

5 COMENTÁRIOS:

Anônimo disse...

maria vai com as outras? kkkk
concordo com vc, esse negocio de cota para negros! isso sim é preconceito! a nao ser que eles sejam de escolas publicas, claro.
cuidado pra nao sair acreditando em qualquer um por ai, pelo amor de deus! ahahah q

beijos

[aguardiadememorias.blogspot.com]

Candy Medina disse...

Pois é, esse negócio de cotas, eu acho que depende muito... Acho que negros e brancos nevem ser tratados no mesmo nível, pra tudo!
Mas agora, em relação à cotas pra quem estudou em colégio público, daí sim eu concordo =)

beijão, God bless!

leticiabarreto disse...

Ada fofinha, adorei seu texto e eu concordo com você. :) Esse lance de cotas em relação à negros, na minha opinião, é muito preconceito, isso sim. Quanto aos alunos de escolas públicas, aí sim.
E só pra reforçar, cuidado pra não acreditar em qualquer um por aí =p

Beijinhos, fofa *:

Com Anny Maverick disse...

Não se torture por ser persuadida. Porque na vida mudamos de opinião com o contato com o conhecimento. Não sou a pessoa exatamente pra falar sobre isso, porque sou muito decidida nas minhas opiniões e muito radical também, vamos dizer que penso por mim mesma e não por falsas idéias. Mas isso não quer dizer que eu não cure minha ignorancia com conhecimento e mude opinião as vezes.

Bom texto.

Anna Beatriz disse...

Normal fofinha.
Tbm sempre achei absurda a história do sistema de cotas. beijos!