RSS

O Ballet.

Me recordo (e não é com nostalgia) das minhas aulas de ballet (ou balé em português). Me lembro do quanto eu achava impossível dar um pirueta e parar no mesmo lugar, o quanto era dolorida aquela sapatilha "tijolo" nos meus pés, me lembro também que eu achava que subir na sapatilha de pontas era um desafio à gravidade (e ainda acho), lembro-me das minhas unhas incravadas sendo toturadas com aquele objeto, mas me lembro também de como era bom me divertir em cima dela e ocupar meu tempo de uma forma, vamos dizer, tãão clássica. Alguns acham clichê, mas é porque nunca viram um espetáculo de verdade e também nunca experimentaram realizar um sonho de infância.
Eu sempre amei o balé, mas nunca fiz quando criança (criança que eu digo é 5 anos, por aí). Acho que minha mãe não me colocou mais cedo (antes dos 9 anos, idade com que eu entrei no balé) porque minha irmã mais velha não gostava de fazer quando era pequena.
Daí quando eu tinha 9 anos (como eu já disse) minhas primas incentivaram minha mãe a me colocar em uma escola de dança (eu já gostava de dançar e ainda tinha, tenho ainda, um problema no joelho e na coluna que o balé ajudaria muito, e ajudou), daí ela (minha mãe) me matriculou em uma escola de dança mesmo.
Na escola só tinha patricinha riquinha, viviam viajando para o exterior, faziam cursinho de inglês, tinham motorista particular, estudavam nas melhores escolas da cidade e tinham o celular mais moderno.Mas eu não tinha inveja delas, elas eram muito frescas (mas eu comprimentavam todas, pelo menos as que falavam comigo), mas no meu primeiro ano eu me limitei a duas amigas (no máximo). Ao logo dos anos (quatro) fiz muitas amizades que duram até hoje (faz uma ano e meio que saí) e espero que durem muito mais. Os espetáculos foram sempre inesquecíveis, as risadas também, os abraços, as palhaçadas, nunca sairão da minha memória.
Foi uma das melhores experiências da minha vida e espero um dia ainda voltar, nem que seja para o Ballet adulto.

*Foto: Festa de 15 anos (um dia desses) em que eu encontrei boa parte das minhas amigas do balé. Eu, de costas, estou abraçando Frenanda (a aniversariante) e Marina (a de roxo) também tá abraçando Fernanda.

4 COMENTÁRIOS:

Anna Beatriz disse...

que coisa liinda, *-*
Um dia eu também espero voltar a fazer balé mas pra isso tenho que perder uns quilinhos =P
beeijo

. inha ~ disse...

Bailarina lindona de Inha =D

Araceli disse...

Aaah, meu sonho é voltar a fazer ballet. :'[ Droga de professora que me desmotivou >< kkkkk

<3

sara disse...

owww dindinhaaaa...um dia vc vai voltar siiimm! e vai ser a melhor de todas as bailarinas da sua turma! na verdade sempre foi...pq tinha um diferencial..dançava para Jesus!
*voltaremos! aguarde! kkkkkkk